A dieta bicho e planta vem se tornando uma grande tendência entre pessoas que buscam o corpo perfeito. Ela nada mais é do que uma vertente da dieta “Low Carb”, aquela que diminui o consumo de carboidratos. A diminuição do carboidrato passa a ser reduzida, mas não zerada, pois se tirarmos o nosso carboidrato do organismo podemos ter problemas como hipoglicemia.

Com a redução do carboidrato, percebe-se uma melhora nos níveis hormonais e na qualidade da pele. A alimentação low carb faz com que nossa gordura adiposa seja utilizada pelo corpo como energia, resultando em perda de medidas. A dieta se baseia em ingerir proteínas e mais plantas, ou seja: comer de maneira mais saudável e menos industrializada.

O que pode comer na Dieta Bicho e Planta?

Proteínas

O cardápio liberado para a dieta bicho e planta inclui todas as proteínas não processadas como:

  • Aves: frango, pato, peru, codorna, faisão;
  • Carnes: bovina, suína, cordeiro, vitela, javali;
  • Peixes: todos frutos do mar como camarão, vieira, lula, polvo, caranguejo e lagosta;
  • Ovos inteiros com gemas.

Plantas

Na dieta bicho e planta, o cardápio inclui também muitos vegetais:

  • Folhas: rúcula, couve, repolho, acelga, endívia, folha de mostarda, nabo, alface, salsa, espinafre, agrião e filha de beterraba;
  • Legumes: alcachofra, aspargo, brócolis, couve flor, couve-de-bruxelas, aipo, pepino, berinjela, vagem, chuchu, alho-poró, cogumelos, quiabo, cebola, abobora japonesa, pimentão, abóbora menina, alho, ervilha torta, broto de feijão, rabanete, tomate, cenoura crua, beterraba crua e gengibre;
  • Raízes: mandioca, batata doce, mandioquinha, inhame e cará.

Gorduras

  • Azeite de oliva
  • Oleaginosas (castanha do Pará, castanha de caju, amêndoa, macadâmia, pistache, noz, noz pecã, avelã).
  • Banha de porco e/ou manteiga para cozinhar
  • Óleo de coco para acompanhar café e/ou cozinhar

Normalmente, recomenda-se fazer esse tipo de dieta durante 15 a 30 dias. O indicado é começar praticando a dieta por 15 dias e observar como seu corpo reage. Depois é possível aumentar os dias de dieta aos poucos, em ciclos.

Lembre-se: dietas extremas não vão trazer resultados melhores, você pode colocar sua saúde em risco e acabar adquirindo problemas graves de saúde. Sempre tenha acompanhamento médico.

Quer obter resultados definitivos com uma dieta incrível?