Comprar cosméticos importados pode ser tanto uma forma de economizar dinheiro comprando seus perfumes favoritos quanto uma maneira de conseguir renda extra com revenda. Nós reunimos neste artigo algumas informações para que você entenda os processos de importação, o que é o Siscomex e como comprar produtos importados.

Os brasileiros adoram cosméticos importados

O Brasil ocupa a quarta posição entre os países que mais consomem cosméticos, representando 7,1% do consumo mundial. Esses dados são da publicação anual da Associação da Indústria de Produtos de Higiene, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) de 2016. O Brasil só perde para os EUA, China e Japão no ranking das nações consumidoras de cosmético.

Em época de crise, a compra de cosméticos no Brasil caiu 9%, um número considerado baixo se comparado a outros bens de consumo. Com o orçamento apertado, as pessoas começam a escolher os produtos pelo preço, não pela marca. Aí está a oportunidade: que tal aliar preço e marca, comprando cosméticos importados e revendendo por um preço justo? O lucro está no baixo preço de custo dos produtos, consequência da compra em grande escala.

Quem costuma comprar produtos importados sabe que a diferença de compras em grande quantidade comparada com pequenas quantias é enorme. O frete, os impostos embutidos e até mesmo o tipo de fornecedores é diferente. Aprenda alguns truques e saia na frente de seus concorrentes!

Entenda como funciona a logística: Siscomex

O Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex) é uma plataforma online criada em 1993 para facilitar os trâmites tanto de importação quanto de exportação. Ela regulariza e facilita as três partes essenciais da importação: administrativa (documentação e licenças necessárias), fiscal (liberação da mercadoria e pagamento de impostos) e cambial (ex: pagar prestadoras de serviço no exterior).

O Siscomex é administrado pelos órgãos gestores do comércio exterior: Secretaria de Comércio Exterior (SECEX), Secretaria da Receita Federal (SFR) e pelo Banco Central do Brasil (|BACEN). Para fazer importação em grandes quantias, é preciso cadastrar a sua empresa no Radar.

Quer mais dicas? Leia Como comprar perfumes importados para revenda.

O que é o Radar no Comércio Exterior

O Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros (Radar) é a habilitação para se utilizar o Siscomex. Através do cadastro no Radar, você pode usar o Siscomex e fazer transações internacionais. Existem vários tipos de habilitação. A simplificada é para pessoas físicas e jurídicas que queiram liberar suas cargas sem ter que passar pelo regime de tributação dos correios (que pode consistir em 60% de imposto mais 18% de ICMS).

Foque nos cosméticos importados mais consumidos no Brasil

De acordo com a Associação da Indústria de Produtos de Higiene, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), os cosméticos mais comprados pelo público brasileiro são:

  • PRIMEIRO LUGAR: depilatórios, desodorantes, perfumes, proteção solar
  • SEGUNDO LUGAR: higiene oral, produtos para cabelos
  • TERCEIRO LUGAR: produtos para o banho
  • QUARTO LUGAR: maquiagem
  • QUINTO LUGAR: produtos para a pele

Quer descobrir o verdadeiro segredo para importar com segurança?