Você sabia que mais de 36% do total produzido no país é pago em impostos? Pior: que em alguns casos os impostos chegam a representar mais de 80% do preço do produto? Segundo dados do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), 78,43% do preço dos perfumes importados é apenas imposto. Esse cenário está servindo como oportunidade para quem sabe transformar crise em negócio: revender perfumes importados.

Muita gente consegue comprar produtos fora do Brasil e ainda revendê-los por um preço mais barato que o brasileiro. Se você está pensando em comprar perfumes importados originais para vender mais barato, separamos algumas dicas para ajudar você.

Primeiro passo: estabeleça seu nicho

O primeiro passo na hora de revender um produto é determinar um nicho, no caso perfumes importados. Dentro desse nicho, o que atrai o público? Perfumes caros? Perfumes mais baratos? Os mais vendidos? Segue um exemplo de lista útil para o seu planejamento:

Perfumes importados mais vendidos em janeiro de 2016

10° Coco Mademoiselle – Chanel – Feminino
9° Perfume Eternity – Calvin Klein – Feminino
8° Perfume 1 Million – Paco Rabanne – Masculino
7°Perfume Euphoria – Calvin Klein – Feminino
6° Perfume Azzaro Pour Homme – Azzaro – Masculino
5° Perfume Silver Scent – Jacques Bogart – Masculino
4° Perfume Animale For Men – Animale
3° Perfume Light Blue – Dolce & Gabbana – Feminino
2°Perfume L’Eau D’Issey – Issey Miyake – Masculino
1° Perfume Ferrari Black – Ferrari – Masculino

Segundo passo: organize sua logística

Como os importadores brasileiros fazem para trazer os produtos? Há duas opções: viajar e se planejar para isso ou comprar direto do produtor, à distância. É possível comprar aqui do Brasil produtos dos EUA, China e outros países de forma legal, com nota fiscal e diretamente do produtor, com o preço original. O segredo é estudar a legislação e regras para importar os produtos.

 

Aprenda a Importar Todo Tipo de Produto de Forma Totalmente Legal!

Você já conseguiu comprar produtos importados e revender aqui no Brasil? Tem alguma dúvida? Deixe seu depoimento nos comentários!